domingo, 1 de janeiro de 2012

1 de Janeiro

A vida nem sempre é calma, tranquila. Ela pode ser extremamente agitada ou entediante. Muitas vezes não é o que as pessoas esperam, mas o que esperar do que não é conhecido? A vida é um longo caminho, mas eu prefiro classificá-la como um grande livro que ninguém sabe quantas serão as páginas, os capítulos ou o tema. Podem ser vários, assim como o livro inteiro pode tratar-se de um único objetivo. Ou sonhos. Todos sonham com algo na vida, mas podem ser divididos em corajosos ou covardes. Os primeiros, correm atrás daquilo que acreditam. Os últimos, não têm capacidade. E isso é a única coisa que a vida nos deixa escolher: se seremos corajosos a ponto de ir atrás dos nossos sonhos ou se seremos covardes e nos colocaremos a disposição da sociedade cruel.


No ano que passou eu aprendi muita coisa, sendo uma delas não acreditar em ninguém, apenas em si mesmo. Aprendi também que muitas pessoas querem o nosso mal e nem sabemos porque e elas fazem de tudo pra conseguir. Outra lição foi a que não importa se você é gordo ou magro, alto ou baixo, branco ou preto, amarelo ou azul, não importa sua religião, sua etnia, sua classe social; você é bonito do jeito que você é e você sempre vai ser importante pra alguém.
Aprendi a dar valor para coisas que antes eu não dava a mínima atenção. Aprendi a dar valor para pessoas que dariam a vida por mim. Eu aprendi a não dar valor para coisas que no fim, não servem para nada. Aprendi que nada tem valor se você não for verdadeiramente feliz. Eu aprendi com a dor, a tristeza e a depressão como é se sentir feio, sozinho e com vontade de morrer. Aprendi que essas coisas fazem você querer sumir e chegar ao fundo do poço, faz você não enxergar mais a luz ou as pessoas que te querem bem. Aprendi com tudo isso que é importante eu ver, em primeiro lugar sempre, o que é melhor para mim.
Esse ano eu não vou fazer uma lista de objetivos ou promessas ou coisas do tipo, eu vou deixar as coisas acontecerem. Minha única meta é seguir meus sonhos.
Não desejo amor, não desejo saúde nem paz, apenas felicidade. O resto vem com o destino, com o tempo, o resto a vida traz.
Me sinto leve no primeiro dia do ano, me sinto bem. Otimista e feliz. Preocupada com algumas coisas, com medo de outras, mas isso faz parte. Eu estou bem e vou ficar ainda melhor.


@sahbellatrix

Nenhum comentário: