quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Oi pra você também, 2015

Aparentemente todos tem algo a agradecer no ano que passou, exceto eu. 2014 foi um ano de muita dor, muita tristeza, muita frustração. E isso não é porquê sou pessimista ou porquê não vejo o lado bom das coisas, eu vejo sim, porém o meu ano foi pesado. Mais do que isso, foi sem paz, sem felicidade, sem cor.
Acabou, finalmente. Depois de tudo que eu já tinha passado, eu pensei que as mudanças seriam pra melhor... Não foram. Senti as dores resultantes de uma separação e as feridas continuam abertas apesar de eu saber que foi melhor assim. Senti a ausência de pessoas queridas, senti a solidão me assombrar novamente, senti a luta de quem quer mudar de vida, senti as dores de outras pessoas e repensei as minhas, vivi, e vivo, o avesso do que era a minha vida há alguns anos.
É triste você saber que a vida não vai mudar, que por mais que você mereça ou tenha se esforçado mais do que o necessário, você ainda não vai ter a chance de ser feliz, de sair do buraco que te forçaram a entrar. Como eu já declarei em vários posts, a frustração foi o sentimento do meu ano.
O pior é agora, é não saber o que esperar do próximo ano, não saber o que vai acontecer ou qual é a minha obrigação. Sinto-me, como muitas outras vezes, perdida. À minha frente sinto haver um labirinto com muitos obstáculos e eu não sei nem como entrar, muito menos como sair.
Por enquanto, eu estou sobrevivendo, deixando pra depois as tristezas, esquecendo as frustrações, esperando milagres que eu sei serem impossíveis. Estou esperando um mapa, uma ajuda, um apoio que parece nunca chegar.

2 comentários:

Jhenifer disse...

Sarah, minha querida, adorei ler seus textos, me impressionei ainda mais com você e a pessoa que é. Te admiro muito, e que 2015 venha repleto de mudanças necessárias porém muito boas. Muita paz em sua vida, acho você uma pessoa incrível e tão iluminada que alguma coisa tem que dar errado as vezes para você ter algum defeitinho, pois a imperfeição é inalcançável mas você chega bem perto dela só com essa alma pura e esse brilho incrível. Saudades, sunshine.

Sarah Bortolato disse...

AIIIII JHENYYY! Não me mata do coração com esse comentário cara! Já to morrendo de saudades de todas vocês... To esperando convite pro teu trote heim? Que bom que você gostou dos posts! 2015 será bom pra todas nós, e se não for a gente tenta de novo, hahahaha.