quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Passei!

Oi, gente! A novidade já não é mais tão novidade assim, mas tudo bem. Estou aqui para declarar oficialmente que: EU PASSEI EM MEDICINA!
Já comemorei, fiz trote de pedágio na minha cidade e gravei um vídeo de agradecimento. Apesar da apreensão sobre se vai dar certo o FIES e sobre mudar de cidade, e todas as outras coisas que a aprovação trouxe, eu estou muito feliz e ficarei ainda mais quando começarem as aulas.
Pra quem estiver interessado, eu passei na Faculdade das Américas, uma faculdade nova que abriu em São Paulo. Na verdade, a faculdade em si não é nova, só o curso. A taxa do vestibular foi de R$ 200,00 até determinada data e depois de R$ 300,00 após esta. O MEC disponibilizou 100 vagas anuais, mas como minha turma só tem 50 pessoas, imagino que haverá vestibular de inverno, fica a dica pra quem quiser prestar. O valor da mensalidade é de R$ 6200,00 e possui FIES.
Outra coisa que vale lembrar é que, uma vez por semana, as aulas práticas são ministradas em São Bernardo do Campo, onde a faculdade é conveniada com alguns hospitais. Há boatos que o campus de São Bernardo é que receberia o curso 100%, ou seja, todas as aulas seriam ministradas lá, porém o MEC não autorizou, pois o prédio não estaria pronto a tempo e acabou sendo no campus Paulista. Talvez o curso acabe sendo transferido para lá.
Se vocês quiserem assistir ao vídeo, colocarei aqui em baixo. É o vídeo de estreia do meu canal, e eu pretendo postar outros sobre o curso, sobre mudança e outras coisas mais...



É isso gente, espero que vocês tenham sentido a minha alegria de longe mesmo. Se quiserem saber algo da faculdade ou do curso, deixem nos comentários. Beijos e até logo.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Livros Para Destruir Seu Lado Emocional

Oi, oi gente! Tudo bom com vocês? É, eu sei que andei meio sumida mas estou de volta! Com um post MEGA ESPECIAL! Quando acabei de ler meu último livro (que vai estar nessa lista), pensei em colocar todos os livros que me deixaram devastada, com vontade de deitar na cama e nunca mais levantar. Chorei, arranquei os cabelos e tem alguns que joguei longe quando terminei haha. Não estão na ordem que eu mais chorei, mas chorei com todos.


Extraordinário foi um livro super gostoso de ler e rápido. Li em uma tarde e me emocionei demais. Auggie é um garoto que é deformado e mesmo assim, vive sua vida normalmente, dando ensinamentos sobre a vida. Impossível não se emocionar!


"Nós aceitamos o amor que achamos merecer." - A estória de Charlie me conquistou desde a sinopse. Li tão rápido que me arrependi da rapidez. Devia ter lido mais devagar! Porém, ele nos conquista desde a primeira frase e nos prende até "Nós somos infinitos."


Ó meu Deus! Esse foi um que joguei longe quando li "Eu aceito.'' Me recusava a acreditar que tinha acabado ali, daquele jeito! Derramei tantas lágrimas nesse livro que tem algumas páginas enrugadas! Mr. Green, never do this again with me! 


Ok, sei que esse é infantil, mas poxa! Chorei muito nessa final! E tenho certeza que você, que viu o filme, também! 


Gente, juro pra vocês, eu não estava entendo nada desse livro quando o comecei a ler e abandonei. Depois tentei de novo. E valeu a pena. Só pra vocês terem uma ideia, esse livro se passa na Segunda Guerra Mundial.


Falando em Segunda Guerra, existe esse outro destruidor. Livro pequeno, fácil de ler e que ESMAGA E DESTROI seus sentimentos. Nem preciso falar mais nada, né?


Me julguem, mas eu chorei MUITO em Harry Potter e as Relíquias da Morte. Afinal, era o último de uma série que eu amo desde que aprendi a ler e foram 10 anos acompanhando! Impossível não chorar naquele epílogo.


Esse foi o último livro que li, como expliquei lá em cima. Gente, perugunto para vocês: posso chorar lágrimas inglesas? Preciso ver nos cinemas, com a nossa khaleesi Emilia Clarke fazendo a Louisa e o lindo maravilhoso gostoso Finnick Sam Claffin fazendo o Will, porque eu só imaginava esses dois nos papéis.


E vocês? Com quais livros tiveram vontade de arrancar os cabelos de tanto chorar? Me contem nos comentários!
Beijinhos

Favoritos: Cantores

Antes de eu comunicar boas novas à vocês, quero fazer um post diferente. Hoje, estou me sentindo feliz por dentro e por fora. Há muito tempo não me sentia assim: livre, aliviada e feliz. Sorrisos fáceis têm escapado dos meus lábios e eu agradeço ao destino por isso.
Pra mim, nossa história não está escrita desde que nascemos, ela vai se escrevendo conforme crescemos e fazemos escolhas. Ontem, a vida me presenteou com calma e eu estou extremamente grata por isso, por ter feito as escolhas certas.
Pensando nessas coisas de vida, de destino e de fé, lembrei-me de que, quando era criança, eu jurava que todos nós vivíamos filmes particulares. Ou seja, que cada vida sendo vivida era um filme ou um livro, e a minha não poderia ser diferente. Assim, eu queria que minha vida fosse, no final, uma história muito boa e que eu tivesse orgulho de ter vivido. Como toda boa história tem uma boa trilha sonora, aqui está o motivo do post.
Já fui fã de muitos artistas, já tive muitos estilos e sempre fui metida à "roqueirinha". No entanto, amadurecendo, fui me aceitando mais e me descobrindo mais. Hoje, minha cantora preferida, de longe, é:


Taylor Swift!

Não sou nenhuma ladie like e não me visto como ela, mas suas músicas descrevem a minha vida! É incrível como, desde que a conheci em 2009, todas as músicas dela se encaixam de alguma forma na minha história. Cada sentimento, cada relacionamento, definitivamente tem como trilha sonora suas músicas.
Outro dia eu li em um estudo que as músicas que mais te marcarão para o resto da vida são aquelas ouvidas entre os 14 e 22 anos, ou seja, durante a adolescência. E é exatamente o que acontece comigo e com as músicas da Taylor. Meu álbum preferido é, sem dúvidas, Speak Now, apesar de eu gostar muito de Fearless também.
As lições que a Taylor me proporciona quando a ouço são, dentre muitas, principalmente, não se importar com os outros ('cause de haters gonna hate) e superar os maus sentimentos; aliás, os maus relacionamentos, né?! E também a amar cabelo enrolado! Diva 4ever.
Ouçam algumas das minhas músicas favoritas dela e virem fãs também <3 b="">


"Your first kiss makes your head spin 'round... But in your life you'll do things greater than dating the boy on the football team. But I didn't know it at fifteen"


"When your birthday passed and I didn't call. You gave me all your love and all I gave you was goodbye."


"But I miss screaming and fighting and kissing in the rain, and it's 2 am and i'm cursing your name."


"I see sparks fly whenever you smile, get me with those green eyes, baby, as the light go down, give me something that'll hunt me when you're not around."


"You took a polaroid of us then discovered: the rest of the world was black and white, but we were in screaming color."

Espero que tenham gostado do post. Logo estarei de volta com as novidades tão especiais... Beijinhos e até logo.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Incertezas


Começo esse post me justificando: quando nossa vida se encontra num estado de meio-fio, a ansiedade e as dúvidas de um futuro incerto pairam sobre nós e não nos deixam fazer mais nada. Nos últimos dias tenho acompanhado assiduamente a lista de espera de duas faculdades, e em ambas ainda não fui convocada para matrícula, e talvez não o seja. Porém, a esperança persistiu em ficar mesmo quando parece impossível.
Assim, me encontro em estado de espera, a qual parece ser eterna. Os dias passam em uma grande lentidão e eu não sei se devo estudar tudo novamente ou se devo esperar por novas matérias.
Ser vestibulando, principalmente de medicina, é uma tarefa árdua. Você se esforça ao máximo o ano todo e, muitas vezes, no final do ano, ainda não é o suficiente. E então você chora, se sente despedaçado e fracassado, a sensação de derrota fica iminente. Você vai ter que começar tudo de novo, do zero, ou então vai ter que desistir.
Muitos desistem, sabe? Mas eu não. Apesar da ideia já ter passado pela minha cabeça, eu não posso me deixar abater. Não posso e não devo. Tudo que exige muito esforço e sacrifício, vale a pena.
Assim que a minha vida se decidir eu volto a postar e tudo o mais. Estava pensando em criar um canal no YouTube voltado para vestibulares, dicas de estudo e coisas relacionadas a esse universo, mas ainda estou em dúvida. Dúvidas demais pra uma única cabeça.
Espero que compreendam e que não deixem de visitar o blog. Beijos!

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

"Sonhar Mais Um Sonho Impossível..."

Oi, oi gente! Tudo bom com vocês? Hoje vim contar sobre uma experiência incrível que eu tive ontem! Ontem, pela segunda vez, fui assistir "O Homem de La Mancha" no Teatro Popular do Sesi com toda a minha família! Haha foi muito bom, afinal consegui lugares na primeira fileira e recebi vários olhares dos atores!! Dá pra acreditar que eu fiquei pertinho desse jeito? Nem eu acreditei! Depois que acabou, todos subimos para o lobby do teatro para esperar os atores saírem (porque dessa vez, eu fiz todo mundo esperar!). Eis que surge uma montanha saindo dos elevadores e minha mãe falou "Leka, aquele ali não é o Saulo Vasconcelos?" e eu fiquei tipo não, não é, mas fiquei na dúvida e fui ver. Só o reconheci quando ele virou de lado. Aí eu saí gritando por ele! Ele riu e me abraçou! Só que ele é MUITO alto e, mesmo ficando na ponta dos pés, ele teve que se abaixar bastante haha! Me deu autógrafo e tirou foto comigo! Eu até falei que era fã dele desde que ele fez a Fera, em "A Bela e A Fera", ele riu e perguntou se eu já era nascida naquela época! Acreditam? 



Aí depois que o Saulo foi embora, estou olhando para o elevador e quem sai de lá? Sim, o Cleto Baccic, que faz o Don Quixote! Dá pra acreditar na minha sorte? Aí eu fui falar com ele e ele pasou tudo que estava fazendo e me atendeu! Tirou foto comigo, me deu autógrafo e riu do meu cabelo azul! Lembrou que eu estava na primeira fileira e agradeceu por ter ido. Me perguntou se eu chorei e só olhei pra ele. "É... você está com cara de quem chorou!" e eu o abracei mais uma vez!

                                     

Enquanto o resto da minha família falava com ele, olhei para o elevador de novo e quem saiu? Sim! Ela! Minha diva! Kiara Sasso! Corri até ela e a abracei tão forte! Ela me retribuiu e eu não queria sair dos braços dela. Ela me perguntou se eu tinha gostado da peça e das outras que ela fez (ela sabe que faço parte de seu fã-clube). Falei que adorei e tal. Mas o meu cérebro deu um branco geral e eu não sabia o que falar e eis que me sai de minha boca "Kiara, você é muito cheirosa!". Quase bati minha cabeça na parede de tanta vergonha! Ela riu e me abraçou de novo! Pedi um autógrafo e uma foto e ela me atendeu! Só que a querida minha mãe que tirou a foto e ela saiu meio tremida! Maaaaas eu a perdoo, afinal a gente estava na frente da Kiara! É muita emoção mesmo! 




Olha, se eu não tivesse essas fotos e os autógrafos no meu folder, juraria que tinha sonhado! Afinal, já sonhei com isso tantas e tantas vezes que é meio difícil acreditar que foi verdade. Mas foi!


Então, nunca desistam de seus sonhos, afinal você nunca pode saber quando e como irão se realizar! 
Até a próxima!