segunda-feira, 18 de maio de 2015

Minhas Séries Favoritas

Oi, oi gente! Voltamos ao normal hahaha. Hoje trouxe pra vocês algumas das minhas séries favoritas e fica como a indicação de hoje. Colocarei uma cena de cada série (seja abertura ou alguma cena que eu adoro).




1 - Glee
Muita gente tem um GRANDE preconceito com Glee, mas eu amo essa série de paixão! Sem dúvidas é a minha preferida! Infelizmente, chegou ao fim esse ano em sua sexta temporada.




2 - Game of Thrones

Seguindo Glee de pertinho, vem Game of Thrones. A série que me deixa agoniada o ano inteiro pela próxima temporada e, quando finalmente estreia, tem UMA SEMANA de espera para cada episódio. Isso é injusto!




3 - FRIENDS
Acho que FRIENDS nem devia estar nessa lista. Afinal, FRIENDS é minha vida! Dou risada das mesmas piadas e choro MUITO com o último episódio! E, por ser a fã retardada que eu sou, só pela abertura sei qual é a temporada.



4 - Supernatural
Sim, eu assisto Supernatural e sim, depois não consigo dormir. Sim, sou dessas pessoas que sonham com o que viram no dia, e se eu assisti supernatural, sonharei com aquele episódio que mais me deu medo. Mas eu adoro!




5 - American Horror Story
Agora, se quer me deixar sem dormir por uns três dias, é só colcoar a abertura de AHS. Assisto os episódios mais assustadores, mas não assisto a abertura nem que me obriguem (principalmente a de Coven e Freak Show).




6 - How I Met Your Mother
Sabe aquele dia que você está pra baixo? Nada te faz rir? É nesses dias que eu faço uma 

maratona de HIMYM! E me mato de tanto rir que esqueço os problemas!





7 - Smallville
Ah... a primeira série que te fez virar madrugadas e madrugadas você nunca esquece. Saudades de Smallville!




8 - Breaking Bad
Uma das melhores séries que soube acabar no momento certo e quando menos esperávamos. Breaking Bad ainda tem uma grande influência e muita gente querendo saber do que se trata a estória de Walter White, o professor que fabrica metafetamina.




9 - The Big Bang Theory
A série que todo nerd TEM que assistir! HAHAHA sem mais!

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Uma Pequena Lista

Terminar a faculdade: previsto para 2017.

Viajar para Orlando: previsão para 2015/2016.

Viajar para Inglaterra: sem previsão no momento.

Assistir um ou mais musicais na Broadway: previsto para 2015/2016.

Perder o medo de andar de avião: sem previsão por um bom tempo.

Ir num show da Demi Lovato: previsão para a próxima tour.

Fazer um cosplay na Comic-Con: agendado para dezembro/2015.

Cantar bem: previsto para a próxima encarnação.

Ser uma tradutora famosa: previsto para daqui uns 10 anos.

Ser rica: isso está fora de questão.

Ser dubladora: previsto para depois do curso de dublagem, depois do curso de tradução.

Ser magra, não ter estrias e ser sexy: querida, nem nos seus sonhos.

Ter seios pequenos: realizado!

Namorar, casar e ter filhos: calma, tem tempo para isso.

Ser um Avenger: só nos seus sonhos.

Estudar em Hogwarts: o máximo que você vai conseguir é uma passagem no trem da CPTM.

Ser mãe de dragões: só se seus filhos forem muito feios, mas você irá amá-los do mesmo jeito e eles não serão!

Ostentar um carro veloz: só quando ninguém ficar olhando.

Ser feliz: em processamento eterno!

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Uma reflexão a partir da embriologia

Estudando como a vida começa, a partir de duas células praticamente invisíveis, percebo que nada somos. Me pergunto agora porquê nos achamos no direito de mandar e desmandar nos outros, ou porque tratamos as pessoas diferentes se todos nós viemos à vida da mesma forma: por duas células praticamente invisíveis. As pessoas, no geral, tendem a agir e a falar sem saber, logo pode-se garantir que a ignorância, na verdade, é o que destrói o mundo e a humanidade.
A falta de conhecimento induz a tragédia, a violência e a falta de respeito desde que o mundo é mundo; e mesmo assim esse fato é ou ignorado ou finge-se que não se sabe dele. O mundo hoje, apesar da ciência tão avançada, dos métodos de tratamento de doenças tão superiores aos de antigamente e do relativo aumento da expectativa de vida por conta disso, continua persistindo nos mesmos erros do passado. Há violência, há fome, há discriminação, quando todos na verdade vieram dos mesmos dois tipos de células praticamente invisíveis.
A cada dia me apaixono mais pela natureza e pela ciência. Percebo que tudo têm uma explicação, mas às vezes nós temos preguiça de procurá-la. O homem, ser muito complexo, não pode ser considerado o melhor dos seres. Ele é apenas mais um ser do planeta, porém a sensação de ser apenas mais um provoca determinado sentimento ruim, o qual é inexistente nos outros animais e por isso somos os piores dos seres.
Jogo então, por enquanto, a culpa de todos os atos falhos da humanidade nos sentimentos, esses malditos que brincam conosco como se fôssemos marionetes. Agimos por impulso por causa do amor, da paixão, da raiva, do ódio e calculamos os nossos passos (ainda que de mau jeito) devido à saudade, ao medo, à insegurança. O fator complexante da equação das nossas vidas e da nossa história é o sentimento, aquilo que não conseguimos direito controlar, e que, na verdade, nos controla.
A vida é fácil e simples, nós que a complicamos. Para sobreviver basta respirar, comer, dormir; então por quê insistimos em viver? Éramos células, transformamo-nos em organismo e passamos a vida buscando mais um sentimento pra nossa coleção: a felicidade. E é essa busca insaciável que tanto complica o ato de viver.