segunda-feira, 25 de julho de 2016

Estamos enfeitando domingos

Estou escrevendo sobre você de novo em menos de um mês... Seu sorriso tímido me tomou a atenção e de repente você está acariciando o meu coração enquanto me encara com esses seus olhos castanhos que penetram qualquer alma. Isso é justo?
Transbordei felicidade e amor por sua causa esse final de semana, e eu não pensei que isso aconteceria tão rápido. Sabe, eu jurava que eu não iria me deixar levar. Você chegou de um modo despretensioso, como quem não quer nada além de passar pra falar um 'oi', e olha só você aparecendo sem permissão nos meus pensamentos assim que eu abro os olhos pela manhã e assim que eu os fecho à noite.
Pode soar estranho, mas quando eu olho nos seus olhos consigo ver nitidamente os mesmos sentimentos que estão me dominando, te dominando, e então eu não preciso lhe perguntar absolutamente nada. E você sabe que eu amo a nossa sintonia, e eu amo que ela esteja cada vez maior. Eu sinto como se estivéssemos sintonizados na mesma estação de rádio, ou como se talvez estivéssemos sintonizados um ao outro de um modo inimaginável.
Você diz que te visitei em sonhos, e eu queria que você já tivesse me visitado também. Na verdade, você passa o dia inteiro na minha mente e talvez enjoe dela durante a noite. Ou talvez você não me permita lembrar dos sonhos que já tive contigo só pra manter o mistério.
Nossa sintonia cria uma harmonia que faz os nossos corações baterem ao mesmo tempo, num ritmo calmo como o daquela playslist que eu te mandei depois de uma semana descobrindo músicas que talvez você gostasse, e que você gostou. E é com harmonia que começam as boas músicas. A melodia nós estamos compondo juntos, todos os dias, longe ou perto, nos falando ou não, porque cada nota é um sorriso que você tira do meu rosto, e vice-versa, sem perceber. 
De repente, é como se estivesse escrito em algum lugar que tudo seria assim. E de repente eu gosto muito do autor da minha história, e talvez ele mereça mais agradecimentos do que eu estou de fato fazendo. Eu sempre soube que boas energias atraem boas coisas; a sua energia me encanta, e a minha energia trouxe você.
E você sabe, não sei como, que eu receio dizer muitas coisas, e sabe exatamente quais são elas. Não sei como, eu sinto as palavras que você queria dizer, mas não diz, e você sente aquelas que eu hesito em expôr. Com isso, nossos silêncios dão espaço pros sentimentos voarem ao nosso redor enquanto nossos lábios se envolvem num ciclo vicioso de carinho.
Agora você me fez sentir saudade de você: da sua companhia que por si só já me alegra, dos seus braços ao meu redor que fazem eu me sentir querida, dos seus beijos que me tiram os pés do chão, do seu olhar que me deixa corada às vezes, do seu sorriso que volta de cinco em cinco minutos para os meus pensamentos. O que você vai fazer sobre isso?
Apesar de fechar os olhos, eu não durmo. Penso sobre tudo que já fizemos ou falamos e percebo que, sem querer, decorei cada segundo ao seu lado. E percebo ainda que o farei por muito mais tempo do que imaginei que o faria, e isso certamente me faz dormir muito mais feliz.

Nenhum comentário: