quarta-feira, 13 de julho de 2016

I watched it begin again

Sou princesa e você príncipe, combinamos aí. 
No nome é forte, entretanto ainda não sei quanta carga você aguenta de fato; eu já aguentei muita, posso me considerar forte então?! Podemos combinar nisso também.
Corajoso sei que é verdadeiramente, pois se abre pra mim e se mostra disposto a me entregar seu coração. Não sei se sou boa nisso de carregar corações: já deixei cair alguns, outros eu recusei; outros foram tirados das minhas mãos pelos seus próprios donos, que na urgência de pegarem-nos de volta, ou levaram uma parte do meu junto e esqueceram de devolver, ou deixaram cair. E eu os perdoei, afinal já cometi os mesmos erros. Quantos erros você cometeu? Com quantos você aprendeu? Me resguardo à espera da resposta. Espero que possamos combinar novamente.
Seu olhar pensativo me instiga a pensar e sei que, certamente, pensa a mesma coisa do meu. A manhã de domingo nunca teve tanta graça como aquela em que tive você ali junto de mim. Sua energia de vida transborda, me atinge e me transforma de um jeito bom - o jeito que eu sempre quis ser. É daquele tipo de pessoa que era a inspiração que (me) faltava.
Não sei de propósito quando vai dizer algumas palavras, nem quando decide ir dormir, não nos falamos todos os segundos como eu costumava fazer com outras pessoas; não falo ao mesmo tempo nem tenho as mesmas ideias e os mesmos gostos de propósito - contudo, eu apenas sei, apenas tenho, apenas gosto. Uma sintonia que eu desconhecia, a qual é delicada, graciosa, tímida, e presente.
Com você, eu curto andar de mãos dadas. Com você, eu posso me esforçar pra tentar de novo. Eu posso assistir tudo começar de novo... Não me incomodo com o silêncio depois de alguns beijos e me entrego às carícias singelas que faz no meu braço, no meu pescoço, na minha nuca. Com você, volto a acreditar no amor e na simplicidade das coisas.
Relembro cada memória que temos até agora, desde nossa primeira conversa, num looping infinito procurando brechas que me mostrem que isso é passageiro e que eu não devo me iludir, mas acredito já ser tarde demais. Tento me desiludir ao lembrar de cada beijo, mas considero impossível até o momento. 
Seus olhos castanhos talvez sejam a minha tonalidade preferida de marrom agora. Seu jeito calmo de fazer as coisas combina tanto com o meu, e a sua vibe natural se parece tanto com a minha... Definitivamente, it's a match.
Tá tudo bem você preferir o campo e eu a praia, podemos frequentar os dois lugares, nossa ligação permite isso. E tudo bem você já ter mergulhado com tubarões quando eu nunca o faria. Mas com você, eu pularia de paraquedas, principalmente se depois pudéssemos voar de balão. E mais ainda se depois você me ninasse como naquela madrugada de sábado totalmente inesperada.
Você gosta dos mesmos filmes que eu e têm as mesmas cores de roupa que eu, talvez também tenha o mesmo medo de se machucar que eu. Tudo bem, a gente pode colorir um pouco nossas roupas e nossas vidas. Podemos enfeitar domingos. Podemos pôr curativos em nossos corações e dar um beijinho em cima pra sarar mais rápido.
Não promete nada, só deixa sua playlist tocando, deita comigo, observa as estrelas nos meus olhos que eu observo as que estão nos seus. Acredita comigo que vai dar certo, joga seus medos fora, eu quero fazer isso com os meus também. Me dê a mão.
Nossa conexão está tão próxima, eu tenho medo, ela já existe antes mesmo de nos ligarmos... Quanto ela vai se intensificar?!  Nossas almas talvez não estejam prontas para tal, mas somos jovens e somos teimosos e somos quem somos. O que faremos depois disso? Quanto vamos nos permitir mergulhar nisso? Só quero mergulhar se você estiver disposto a fazer a mesma coisa.
A semana passa devagar agora, e eu, de novo, fico à espera dos próximos finais de semana já na noite de domingo. E sonho a semana toda com aquela doçura que eu jurava que só existia dentro de mim, e eu amo doce, e você sabe disso. Nos devoramos aos finais de semana e nos recompomos durante os outros dias pra depois repetir tudo de novo depois.
"I'll miss you" - "I'll miss you too".
Entra, mas toma cuidado, é tudo frágil. Me deixa entrar também, não prometo não esbarrar em nada, mas me esforçarei. Entra e vem morar aqui. 

Nenhum comentário: